Paróquia Bom Jesus, em Guarapuava, tem 5 novos acólitos

O acólito desempenha a função de ajudar no serviço do altar, auxiliando os padres, os celebrantes na condução das missas.

17/07/2021 11H10

foto: reprodução/Assessoria

Thiago Pereira de Andrade, Vanderlei de Lima, Tiago de Moura da Silva, Christhofer Mattheus Hauck e Tiago Francisco Lechinski. São estes os cinco novos acólitos da Paróquia Bom Jesus de Guarapuava. O acólito desempenha a função de ajudar no serviço do altar, auxiliando os padres, os celebrantes na condução das missas.

A acolhida e investidura ocorreu na Santa Missa na sexta-feira (16). O administrador paroquial, Frei Ernani Tiago Alves, em sua homilia esclareceu que "somente o Bispo Diocesano pode instituir os acólitos. Este acolitato que estamos celebrando aqui, são jovens que não são ministros da Sagrada Comunhão oficialmente instituídos. Esses acólitos são os que deram o seu sim para auxiliar no serviço do altar".


Entrevistados pelo Frei Ernani os jovens manifestaram perante a comunidade o desejo de formar o grupo de acólitos da paróquia. Eles confirmaram o desejo de servir à Igreja nesta função. Frei Ernani abençoou as vestes que na sequencia passaram a ser usadas pelos novos acólitos no serviço do altar.

O coordenador do Conselho Paroquial de Pastoral (CPP), Marcelo Antônio da Silva,  deu boas vindas aos novos acólitos. "É com imensa alegria que a gente recebe esses jovens que diante de todas as propostas que o mundo faz, resolveram aceitar a proposta de Cristo, da Igreja, se doar, se fazerem presentes na comunidade", disse.

Para se tornar um  acólito basta procurar o pároco local ou o coordenador do grupo de acólitos e demonstrar interesse. É também necessário passar por um período de formação.

Na mesma celebração diversos jovens foram consagrados e outros renovaram a sua consagração à Nossa Senhora.

Veja Mais