Cristina Silvestri reforça pedido de criação do Parque Estadual de São Francisco

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Cristina Silvestri reforça pedido de criação do Parque Estadual de São Francisco

Foto: Cristina Silvestri em reunião com o secretário Márcio Nunes (ao centro) e Amilcar Cabral, chefe de gabinete.

Crédito da foto: Ascom

Ao secretário de meio ambiente, parlamentar também solicitou a concessão pública da antiga Estância Hidromineral de Santa Clara

Nesta semana, a deputada estadual Cristina Silvestri esteve em reunião com o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Márcio Nunes, para reforçar o pedido de criação do Parque Estadual de São Francisco, um projeto idealizado pelo Governo do Estado que atenderá a tríplice fronteira entre Guarapuava, Prudentópolis e Turvo. A proposta de criação do parque visa impulsionar o turismo, aliado à preservação ambiental, no terceiro planalto paranaense.

"Nós estamos vivendo um momento ímpar, em que o turismo é um dos setores econômicos que mais cresce no Brasil. E na nossa região não é diferente. Além dos poderes municipais que envolvem o Salto São Francisco estarem criando cada vez mais projetos de incentivo a prática de turismo, empresas também estão investindo no setor, gerando empregos e renda", explica Cristina.

Durante a reunião, Cristina também solicitou que o Governo do Estado torne pública a concessão da então Estância Hidromineral Santa Clara, localizada entre Candói e Pinhão. O espaço, que está abandonado há anos, é conhecido como um tesouro natural e lembrado por muitos como uma das principais atrações turísticas da região de Guarapuava em meados dos anos 1960. Hoje, existe a possibilidade da reativação do espaço frente a lei de concessão de parques estaduais, projeto do Governo do Estado aprovado recentemente na Assembleia Legislativa.

"A Estância Santa Clara está na memória de muitas pessoas e é uma pena ver um patrimônio tão importante se deteriorando com o tempo. Com a possibilidade de concessão de parques estaduais, surge uma nova forma de o Governo ceder o espaço para uma instituição privada que possa investir, dando o tratamento adequado para a manutenção do patrimônio".

« 19º Festival da Canção Ecológica está com inscrições abertas

Papa Francisco fica preso em elevador por 25 minutos »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários