Itacir Vezzaro deixa sua marca como Prefeito Interino de Guarapuava

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Itacir Vezzaro deixa sua marca como Prefeito Interino de Guarapuava

foto: Itacir Vezzaro Sancionando a Lei do piso salarial dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate as endemias.

Em 30 dias como prefeito interino de Guarapuava, o vice-prefeito Itacir Vezzaro colocou em prática a experiência adquirida em 39 anos trabalhando com extensão rural na área de agronomia. Atender e apoiar os pequenos agricultores sempre foi o seu forte e Itacir Vezzaro sabe muito bem a importância do agronegócio para a economia das cidades em desenvolvimento, como é o caso de Guarapuava.

Ex-secretário municipal da Agricultura e hoje titular das secretarias de Obras e de Turismo, o vice-prefeito passou a ser responsável por programas que buscam projetar Guarapuava em quatro níveis: região, Estado, Brasil e também no exterior. “Com 199 anos, Guarapuava chega à maturidade para crescer ainda mais. É para isso que estamos trabalhando. Nós vivemos um novo momento, com investimentos em todas as áreas, momento em que a cidade desenvolve suas potencialidades no agronegócio, na indústria, no comércio e no turismo. Momento em que a cidade se destaca entre as que mais crescem no Sul do Brasil”, avalia.

Como prefeito em exercício, Itacir Vezzaro reforçou sua habilidade como administrador. “Minha forma de trabalhar é pautada no coletivo. Gosto de reunir a equipe, dialogar, ouvir, trocar ideias e identificar a melhor forma de colocar em prática as necessidades do Município. Fico orgulhoso em poder colocar minha experiência em prol da população e ver Guarapuava se desenvolver desta forma, sendo referência para região”.

Itacir comenta que Guarapuava fechou 2018 e iniciou 2019, com excelentes notícias. Por parte do Governo Estadual, por exemplo, temos a assinatura de dois convênios. São R$ 2,5 milhões para investimentos, sendo R$ 1,5 milhão para o recape asfáltico da avenida Manoel Ribas e mais de R$ 1 milhão para a construção de três praças multiuso na cidade, atendendo a reivindicação da deputada estadual Cristina Silvestri. Este mês, o Município fixou o piso salarial dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate as endemias.

Com sua capacidade de dialogar e agregar, Itacir conseguiu, nos últimos anos, transformar o turismo em uma atividade econômica em Guarapuava, com o programa Guarapuava Turística 2026, com diversos projetos, como Caminho de São Francisco, Região Serrana, Caminho do Malte, turismo de aventura, turismo religioso e muito outros. “Elaboramos um planejamento e estamos colocando em prática. Para se ter o turismo como atividade econômica, nós delimitamos as modalidades turísticas a serem desenvolvidas, de modo a preservar o meio ambiente, realizamos treinamentos de receptivos, que são as pessoas que atendem os visitantes, de agências ou as famílias da zona rural, organizamos eventos e também mostramos tudo isso em feiras fora da cidade. O turismo está contribuindo com a geração de emprego e renda”. As redes hoteleira, comercial e gastronômica da cidade agradecem.

Uma de suas marcas foi garantir aos pequenos produtores fontes de renda. Itacir conseguiu unir agricultura familiar e turismo. Atualmente, as famílias do campo participam das feiras do produtor, comercializam para as feiras solidárias (onde ocorrem troca de lixo reciclável por alimentos), repassam para a merenda escolar municipal (que já representa 60% da merenda oferecida nas escolas e CMEIs) e estão inseridos no plano turístico municipal. “As famílias de pequenos produtores estão totalmente integradas ao turismo. Com parcerias, realizamos treinamentos em diversas áreas e hoje muitas abrem suas casas para oferecer lazer, aventura e produtos coloniais”, diz, orgulhoso, ciente de que ainda há muito para crescer. “Ainda temos muito a fazer por Guarapuava, porém temos certeza que o caminho está sendo trilhado com planejamento, união, trabalho coletivo e parcerias. Essa é a nossa forma de administrar”.

« Coronel Péricles é empossado como o novo comandante da PM no PR

Parque Nacional do Iguaçu completa 80 anos »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários